Iúri Leitão vence de forma autoritária em Miranda do Douro

June 11, 2021

A Equipa Continental UCI Tavfer-Measindot-Mortágua disputou hoje a 2ª Etapa do Grande Prémio Douro Internacional, uma ligação de 144,7 quilómetros que uniram Carrazeda de Ansiães e Miranda do Douro. Após um excelente trabalho de toda a equipa, Iúri leitão rematou da melhor maneira, alcançando a sua primeira vitória como profissional e também a primeira vitória em etapas para a equipa esta temporada.

Etapa toda ela corrida a boa velocidade onde a equipa tinha apenas um objetivo, levar o pelotão compacto até Miranda do Douro e fazer com que Iúri Leitão chegasse nas melhores condições para levar de vencida esta etapa.

Pelo meio, Gaspar Gonçalves aproveitou para cimentar a sua liderança na Classificação das Metas Volantes, venceu a contagem do dia e aumentou a sua liderança. No final subiu ao pódio para envergar a Camisola Laranja.

Equipa que fez um trabalho incansável durante toda a etapa, na perseguição da fuga que viria a ser anulada já nos derradeiros quilómetros. Chegada sinuosa a Miranda do Douro onde Iúri Leitão entrou na reta da meta já com vantagem e levantou os braços confortavelmente com cerca de 10 metros de avanço para o segundo classificado. Um sprint vigoroso do jovem de Viana do Castelo que lhe valeu a primeira vitória como profissional e foi também a primeira vitória em etapas para a equipa na presente temporada, após estarmos muitas vezes perto de a alcançar.

Com este resultado, Iúri leitão manteve a 2ª posição na Classificação Geral e ascendeu à primeira posição na Classificação dos Pontos e no final subiu ao pódio para envergar a Camisola Verde. No final claramente satisfeito afirmava "Hoje tivemos uma etapa que nos favorecia muito e a equipa garantiu que era o nosso dia! Fizeram um trabalho incansável de início ao fim para que eu gastasse o mínimo de energia possível e certificar-se de que seria uma chegada em pelotão compacto, assumindo a perseguição. No final acabo por ser o mais forte, rematando todo esse trabalho.
Só tenho a agradecer a toda a equipa por este maravilhoso dia. Esta vitória é de todos nós!".

A terceira jornada de competição, neste sábado, terá dois setores que se adivinham decisivos para as contas finais da corrida. Às 10h00 começa o contrarrelógio individual de 10,8 quilómetros, a disputar em Resende, local de onde, às 16h20, o pelotão parte para uma curta ligação de 66,2 quilómetros, que termina em S. João da Pesqueira, cerca das 18h15. O setor vespertino conta com um prémio de montanha a 5600 metros da meta, o que poderá incentivar a movimentações importantes.

Classificação Etapa
Carrazeda de Ansiães – Miranda do Douro: 144,7 kms
1.º Iúri Leitão (Tavfer-Measindot-Mortágua), 3h39m19s
42.º Joaquim Silva (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt
63.º Ángel Sanchez (Tavfer-Measindot-Mortágua), a 22s
66.º Pedro Pinto (Tavfer-Measindot-Mortágua), a 8m01s
67.º Gaspar Gonçalves (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt
DNF Pedro Paulinho (Tavfer-Measindot-Mortágua)

Classificação Geral
1.º Maurício Moreira (Efapel), 7h21m24s
2.º Iúri Leitão (Tavfer-Measindot-Mortágua), a 25s
19.º Joaquim Silva (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt
42.º Ángel Sanchez (Tavfer-Measindot-Mortágua), a 15m09s
55.º Gaspar Gonçalves (Tavfer-Measindot-Mortágua), a 20m40s
56.º Pedro Pinto (Tavfer-Measindot-Mortágua), a 25m51s

Classificação Metas Volantes
1.º Gaspar Gonçalves (Tavfer-Measindot-Mortágua), 6 pts

Classificação por Pontos
1.º Iúri Leitão (Tavfer-Measindot-Mortágua), 72 pts

Classificação Geral por Equipas
1.º Efapel, 22h05m02s
8.º Tavfer-Measindot-Mortágua, a 13m01s

Imagens

Sponsors

Logo
Logo
Logo