Joaquim Silva e Gaspar Gonçalves em grande nível na 1ª Etapa do GP Abimota

June 5, 2021

A Equipa Continental UCI Tavfer-Measindot-Mortágua disputou iniciou hoje a sua participação no 41ª GP Abimota, com uma etapa de 197 quilómetros entre Fátima e Vouzela. Uma grande prestação da equipa com Joaquim Silva a ser o líder da Montanha e Metas Volantes, e ainda a estar na 4ª posição na Classificação Geral. Gaspar Gonçalves este igualmente muito bem no final, foi 6º na etapa.

Fuga inicial a 3, com Joaquim Silva a estar integrado e que chegou a ter cerca de 12 minutos de vantagem para o pelotão. Ao longo do percurso o nosso ciclista aproveitou para vencer a contagem de montanha em Alvaiázere, a Meta Volantes da Lousã e ainda a Meta de Montanha em Mortágua. Com estes resultados, Joaquim Silva subiu ao pódio para envergar duas camisolas, a azul de líder da montanha e a rosa, símbolo de líder das Metas Volantes.

A cerca de meia corrida, começaram as movimentações no pelotão, o que levou a que a fuga acabasse por ser anulada, deixando tudo em aberto. Na frente da corrida formou-se um grupo de 23 corredores, entre eles, Joaquim Silva, o único sobrevivente da fuga inicial. Uma etapa de verdadeiro campeão de Joaquim Silva que após 150 quilómetros escapado, conseguiu resistir ainda no grupo da frente e ser uma ajuda bastante útil para Gaspar Gonçalves que se juntara de trás.

Na aproximação a Vouzela, Gaspar Gonçalves tentou a sua sorte já dentro do último quilómetro, na tentativa de antecipar um sprint final que viria a ser inevitável. Ainda assim foi o 6º na linha de meta e Joaquim Silva, mesmo com todo o desgaste acumulado foi 10º com o mesmo tempo do vencedor.

Ao ganhar a Meta Volante da Lousã, Joaquim Silva amealhou 3 preciosos segundos de bonificação que faz com que agora seja o 4º na Classificação Geral a 7 segundos do líder Rafael Reis (Efapel). Gaspar Gonçalves está também em boa posição, em 7º a 10 segundos do líder.

Coletivamente e em virtude de Gaspar Gonçalves terem chegado ambos com o mesmo tempo do vencedor, ocupamos a 3ª posição na Classificação por Equipas. Um dia muito positivo para a equipa, que passou pela sua terra natal e contou com o apoio de muitos entusiastas e amantes da modalidade.

Amanhã o pelotão arranca de Anadia para a segunda e última etapa do Grande Prémio ABIMOTA. A chegada será em Águeda, depois de percorridos 158 quilómetros.


Classificação Etapa
Fátima - Vouzela: 155,7 kms
1.º Rafael Reis (Efapel), 5h04m01s
6.º Gaspar Gonçalves (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt
10.º Joaquim Silva (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt
28.º Iúri Leitão (Tavfer-Measindot-Mortágua), a 13m41s
36.º Francisco Morais (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt
44.º Rui Carvalho (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt
83.º Ángel Sanchez (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt
DNF Pedro Paulinho (Tavfer-Measindot-Mortágua)

Classificação Geral
1.º Rafael Reis (Efapel), 5h03m51s
4.º Joaquim Silva (Tavfer-Measindot-Mortágua), a 7s
7.º Gaspar Gonçalves (Tavfer-Measindot-Mortágua), a 10s
29.º Iúri Leitão (Tavfer-Measindot-Mortágua), a 13m51s
37.º Francisco Morais (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt
45.º Rui Carvalho (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt
84.º Ángel Sanchez (Tavfer-Measindot-Mortágua), mt

Classificação Metas Volantes
1.º Joaquim Silva (Tavfer-Measindot-Mortágua), 5 pts

Classificação Montanha
1.º Joaquim Silva (Tavfer-Measindot-Mortágua), 12 pts

Imagens

Sponsors

Logo
Logo
Logo